Folha veta acesso à justiça a amigos (dos outros)

Ficha Corrida

Amigo de Cristina vai à Justiça contra jornal

Empreiteiro que pagou R$ 5,3 milhões a hotéis da presidente quer sigilo sobre transações

LÍGIA MESQUITADE BUENOS AIRES

O empreiteiro Lázaro Báez, que está sendo processado por lavagem de dinheiro, foi à Justiça para impedir que o jornal "La Nación" publique dados de pagamentos feitos por empresas suas a dois hotéis que Cristina Kirchner possui na Patagônia.

A associação de entidades jornalísticas diz que a censura prévia é inconstitucional.

O jornal revelou anteontem que, entre 2010 e 2011, sete empresas de Báez assinaram acordos confidenciais para alugar um terço dos quartos de três hotéis de Cristina na cidade. Com os pagamentos, que totalizaram mais de 14,5 milhões de pesos argentinos (R$ 5,3 milhões), as propriedades garantiram suas receitas, mesmo não tendo hóspedes na baixa temporada.

Por mês, as empresas de Báez pagavam o equivalente a 935 diárias ao hotel Alto Calafate –na…

Ver o post original 245 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s