Galileu, filosofia e ciência – as referências da segunda parte

Filosofia e Filosofias no Renascimento

Eduardo Kickhöfel

O texto latino de Nicolau Copérnico vem do Wikimedia Commons, cujas fontes unicode permitem publicar aqui caracteres gregos. Uso a tradução da Fundação Calouste Gulbenkian, que eventualmente apresenta problemas. No prefácio de Andreas Osiander, por exemplo, a palavra latina “causas”, de evidente sentido aristotélico, está traduzida por “leis”, que sugere as leis da natureza de Johannes Kepler em diante.

COPÉRNICO, N. As revoluções dos orbes celestes. Trad. de A. Dias Gomes, e Gabriel Domingues. Introdução e notas de Luís Albuquerque. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian, 1984.

Imagens do manuscrito original e de duas edições do tratado de Copérnico, entre outros materiais originais, estão disponíveis na página Nicolaus Copernicus Thorunensis. A citação de Tossato vem de um artigo a respeito de Tycho Brahe publicado na revista Scientiae studia.

Do Mensageiro das estrelas, uso a tradução de Henrique Leitão, também editada pela Fundação Calouste…

Ver o post original 698 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s